Resíduos Clínicos

Este espaço foi criado com o intuito de trocar informação sobre os resíduos hospitalares e a sua gestão a nível nacional, visto estarmos a realizar as nossas Teses de Mestrado dentro deste âmbito. Ficamos à espera do seu contributo, e cá deixamos o nosso!!Carla e Patrícia

Sunday, November 27, 2005

"O Mercado dos Resíduos em Portugal"


O estudo do IST - encomendado pela Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente (AEPSA) - teve em conta os resíduos produzidos pelos hospitais públicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), hospitais oficiais não públicos, hospitais privados e centros de saúde. A conclusão é a de que, em 2001, foram produzidas mais de 176 mil toneladas de resíduos hospitalares, sendo que 28.656 toneladas são resíduos perigosos (grupo III e IV).
Tendo em conta os dados recolhidos junto dos diversos estabelecimentos públicos e privados e considerando que o Executivo pretende construir dez novos hospitais, o estudo do IST sublinha que os sistemas de tratamento instalados são manifestamente insuficientes para que os resíduos hospitalares perigosos sejam submetidos, na sua totalidade, a um processo de tratamento adequado.

Jornal Expresso
21 Novembro 2002
http://online.expresso.clix.pt/interior/default.asp?id=24735245

0 Comments:

Post a Comment

<< Home